Queijos e vinhos: aprenda a harmonizar e servir

Saiba como preparar uma noite incrível de queijos e vinhos, harmonizando no paladar e também na apresentação

0

Uma noite de queijos e vinhos é um momento intimista que vai bem tanto para um casal, como para um pequenos grupo de amigos. O clima frio do outono e do inverno combina perfeitamente com esse tipo de refeição. Se você quer fazer, mas não tem ideia nem por onde começar, vamos te ajudar. Saiba como harmonizar, o que servir e como preparar.

Como preparar sua noite de queijos e vinhos

Antes de saber quais queijos comprar e com quais vinhos harmonizar, que tal conferir algumas dicas para a organização? Aqui separamos opções de como servir, além de falar sobre a quantidade de queijo e vinho por pessoa, entre outros detalhes. Afinal, além de saber harmonizar, outros detalhes fazem toda a diferença neste momento. Confira.

Como montar uma tábua com praticidade

tábua de queijos e vinhos
(Foto: reprodução/Pinterest)

A noite de queijos e vinhos pode ser em formato de tábua de frios. Neste caso, o primeiro passo é escolher uma tábua de madeira bem bonita e que caiba o que você vai servir. A tábua é ideal para até 6 pessoas, se for para mais, você pode pensar em um formato diferente, como por exemplo, servir na mesma mesmo. Para dispôr os queijos, comece pelos mais leves e frescos e vá seguindo para os de meia cura e depois os mais curados.

Siga a mesma ordem com os vinhos, comece servindo os vinhos brancos e depois os tintos e com mais tanino. Na tábua também pode conter pães, torradas, patês, castanhas, frutas secas e charcrutaria.

A mesa de queijos e vinhos é uma opção mais completa

mesa de queijos e vinhos
(Foto: reprodução/Pinterest)

Já a mesa de queijos e vinhos pode ser mais completa. Você pode oferecer os queijos como aperitivos e apostar em um menu completo com prato principal e sobremesa. Mas também é possível servir tudo ao mesmo tempo e neste caso você pode oferecer opções de caldos. Para harmonizar, caldos mais leves de legumes combinam bem com os vinhos brancos. Já os caldos de cogumelos ou com carne vermelha harmonizam com os vinhos tintos. Capriche na apresentação e lembre-se de sinalizar os nomes dos queijos.

Quantidade de queijo e vinho por pessoa

É complicado calcular a quantidade por pessoa, mas podemos fazer uma previsão. O recomendável é seguir 250g de queijo por pessoa, 150g de pães e 150g de aperitivos diversos. Quanto ao vinho, o mínimo é 1 garrafa para cada duas pessoas, mas você pode optar por uma garrafa por pessoa, se desejar. Afinal, é sempre melhor sobrar do que faltar. Além do vinho, ofereça água à vontade para seus convidados, pois é importante se hidratar após beber.

O que é interessante para acompanhar queijos e vinhos?

(Foto: reprodução/Pinterest)

Uma noite de queijos e vinhos não é composta apenas por queijos, não é mesmo? Tudo depende da proposta da noite, se você deseja uma tábua de frios, invista em outros tipos de frios. Mas se você deseja um jantar completo, o prato principal pode ser uma massa ou risoto. Se estiver friozinho, buffet de caldos com acompanhamento é uma boa pedida. Mas para te dar mais opções, confira a seguir algumas sugestões.

  • Castanhas;
  • Frutas secas;
  • Pães;
  • Torradas;
  • Geleias;
  • Patês;
  • Charcrutaria;
  • Caldos;
  • Buffet de massas;
  • Risotos.

Além dos pratos salgados, também é interessante oferecer uma deliciosa sobremesa para fechar a noite com chave de ouro. A seguir vamos trazer um pouco mais sobre o assunto.

Sobremesa para finalizar

As frutas da estação são ótimas opções de sobremesas para uma noite de queijos e vinhos. Mas é importante que elas não sejam ácidas em excesso, pois podem alterar o sabor do vinho. Sobremesas com chocolate também são uma boa pedida, quem sabe um tradicional fondue? O único detalhe é não escolher sobremesas muito pesadas ou ácidas, pois é interessante combinar o momento com vinhos mais leves e doces. Para acompanhar a sobremesa, aposte nos vinhos doces, brancos, roses e espumantes.

Quais queijos comprar e servir?

(Foto: Pexels)

Chegamos ao ponto crucial da sua noite de queijos e vinhos: quais queijos escolher. Os especialistas em vinhos afirmam que o ideal é escolher entre 4 e 6 tipos de queijo para que seja harmônico. Para iniciar a escolha, vamos dividir os queijos em categorias: queijos frescos, queijos semiduros, queijos duros e queijos azuis. É importante seguir essa ordem, pois é mais harmônica ao paladar. Confira quais são os queijos de cada categoria e com quais vinhos combinar.

Queijos frescos

Nesta categoria temos queijo minas, ricota, cottage e feta como alguns exemplos. Os queijos desta categoria podem ser servidos em pedaços, mas a melhor opção para servir é em formato de patê para comer com os acompanhamentos. Para harmonizar com estes queijos escolha os vinhos brancos secos e os espumantes do tipo charmat.

Semiduros

Os queijos semiduros são obtidos a partir do cozimento, assim como os duros. A diferença entre os dois tipos é que estes são mais macios e possuem mais água. Nesta categoria temos os queijos provolone, emmenthal, edam, gouda, entre outros. Para harmonizar, aposte em espumantes de médio corpo ou tintos com pouco tanino.

Duros

Os queijos duros possuem uma textura mais rígida e menos água. Nesta categoria temos os queijos fortes como parmesão, pecorino, grana, parmiggiano e minar curado. Estes queijos passam por um longo período de maturação e por isso apresentam um sabor bem acentuado. Eles combinam bem com os vinhos tintos mais estruturados.

Queijos azuis

Por fim, temos os queijos azuis, categoria protagonizada pelo gorgonzola e roquefort. Estes queijos combinam bem com os vinhos doces, sejam eles brancos ou espumantes, além dos licorosos.

Você percebeu que a harmonização segue uma linha, não é mesmo? Quanto mais leves os queijos, mais leves os vinhos também. Pense na harmonização de queijos e vinhos como entrada, acompanhamento, prato principal e sobremesa. Assim não tem erro!

Tabela de harmonização de queijos e vinhos

tabela de harmonização queijos e vinhos
(Foto: reprodução/Pinterest)

Para tudo ficar mais visual, que tal ter em mãos essa tabela? Aqui temos algumas opções de queijos e vinhos que harmonizam de forma ilustrada pra não errar. Além disso, também há opções de queijos mais acessíveis, como a ricota e a mozarela. Viu como é possível harmonizar sem muito esforço? Já salva para não esquecer!

Noite de queijos e vinhos gastando pouco

Uma das melhores dicas para economizar é conferir as promoções no supermercado, pois há ótimas opções em conta. Quando comprar o vinho, aproveite e confira o rótulo, pois lá existem informações de harmonização. Na hora de comprar os queijos, opte pelos que já conhece e gosta, além de comprar em pouca quantidade. Uma dica para economizar nos acompanhamentos é fazer uma geleia caseira, ao invés de comprar a industrializada. Confira o vídeo e veja mais dicas.

Agora que você já viu todas essas dicas, com certeza vai saber harmonizar vinhos e queijos, além de saber planejar a sua noite. Confira também como preparar um café da manhã romântico.

 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes