Como fazer compostagem simples em casa

Além de apenas coletar os resíduos é preciso saber controlar o pH, controlar a temperatura e a umidade. Saiba como!

0

Como fazer compostagem é uma das primeiras perguntas que aparecem quando você deseja viver uma vida mais ecológica. Isso porque ela é uma técnica muito recomendada para reaproveitar resíduos e diminuir a quantidade de lixo. Para fazer você vai precisar de alguns itens simples, além de atenção aos detalhes. Por isso, saiba como fazer compostagem, itens necessários e também como usar o adubo.

O que é compostagem?

A compostagem nada mais é do que um processo natural de transformação dos resíduos orgânicos em nutrientes para as suas plantas. Assim, é possível produzir o seu próprio adubo orgânico e economizar muito! Além de reaproveitar os resíduos e diminuir a quantidade de lixo que vai para os aterros. Fazer compostagem ajuda na saúde das suas plantas, estimula a produção de hortaliças e frutas e é uma prática bastante ecológica.

Durante o processo de decomposição natural, os microrganismos como fungos e bactérias são responsáveis por transformar os resíduos em material orgânico. O resultado final é o húmus, um material muito rico em nutrientes e fértil para as plantas. É o adubo ideal para quem tem uma horta em casa ou mesmo plantas ornamentais.

+ Horta em casa: um guia para cultivar vegetais em casa

O que saber antes de fazer compostagem?

Para fazer a compostagem não basta apenas levar os resíduos orgânicos para a composteira. É preciso equilibrar o ambiente interno com atenção a pH, umidade e temperatura. Se você vai utilizar minhocas na sua compostagem é preciso que a temperatura seja entre 13°C e 27°C. Contudo, a temperatura no interior das caixas tende a ser mais fresca do que a temperatura do ambiente no verão. Já nos dias e estações frias, ocorre o inverso, as temperaturas ficam um pouco mais altas dentro da caixa. Mas de forma geral é bom garantir que a temperatura do ambiente seja equilibrada entre os 13°C e 27°C.

Já a umidade é outro fator que influencia bastante e é preciso manter em 50%. Mas como saber se a minha composteira está na umidade correta? Para isso, pense em uma esponja que está levemente úmida, mas que não escorre água, pois o mesmo deve acontecer com a terra. Para se certificar, pegue um punhado de terra da composteira e sinta sua umidade, se estive levemente úmida, está ótimo. Mas se água escorrer das suas mãos é preciso corrigir o problema escoando um pouco da água. Se estiver muito seca, é interessante colocar mais resíduos que geram água.

O pH é outro ponto importante e deve ser aproximadamente entre 5,5 e 8. Contudo, é comum que no início do processo o pH seja perto de 5 e vá subindo gradativamente com o decorrer da transformação natural dos resíduos. O ideal é que o composto final esteja com um pH estável entre 7,0 e 8,5. Para medir o pH é recomendável ter uma fita própria para essa finalidade, ela pode ser bem útil. É importante saber também que a borra de café em excesso pode deixar o pH mais ácido, então não exagere.

+ Borra de café nas plantas: saiba como aproveitar o pó como adubo

O que precisa para fazer compostagem?

composteira
Foto: divulgação/ Cobasi

A melhor opção para quem está começando é comprar um kit pronto, que se trata de uma caixa de plástico com torneira para escoar a água e suporte de elevação. Este modelo pode ser utilizado mesmo em espaços pequenos, como os apartamentos. Geralmente os kits acompanham também o húmus para forrar a cama das minhocas e a serragem para cobrir os resíduos. Também é possível colocar substrato, que pode ser terra comum, mas o mais recomendado é o húmus de minhoca para acelerar o processo.

Você vai precisar também das minhocas, caso desejar fazer compostagem com elas. Não é obrigatório ter minhocas, mas elas aceleram bastante o processo de compostagem por se alimentarem dos resíduos. Você pode coletar algumas diretamente no solo ou comprar as da espécie californiana. Outra opção é pegar diretamente com quem já faz a compostagem.

Como fazer compostagem simples?

Foto: Pixabay

É muito simples fazer compostagem em casa, você só precisa seguir alguns passos, além de se atentar aos detalhes já mencionados. Então, com o kit em mãos, veja o passo a passo a seguir de como fazer compostagem simples e doméstica.

1. Como fazer compostagem: escolha o local

A composteira deve ficar em um local arejado, pois a falta de oxigênio desequilibra a população de microrganismos. O oxigênio é muito importante também para manter o solo bem aerado. Outro ponto é que um local bem arejado evita odores ruins. Mas não se preocupe, é possível fazer em apartamento sem problemas, você pode utilizar a sacada ou deixar próxima de uma janela com bastante vento. Contudo, é preciso evitar a exposição ao sol e a chuva, além de evitar rajadas de vento diretas na composteira.

2. Como fazer compostagem: monte a cama das minhocas

A caixa de compostagem geralmente é composta por três caixas, sendo que duas delas são chamadas de caixas digestoras. São as duas caixas da parte inferior e você deve forrá-las com o humús de minhoca. Os kits para compostagem geralmente apresentam as quantidade de acordo com o tamanho.

3. Como fazer compostagem: alimente as minhocas

O alimento das minhocas na composteira nada mais é do que os resíduos orgânicos da sua casa. São restos de alimentos como cascas de frutas e vegetais, cascas de ovos, borra de café, folhas, podas de plantas saudáveis e vegetais diversos não cítricos e não apimentados. É preciso picar em pequenos pedaços. Além disso, é preciso evitar certos tipos de resíduos como carnes, laticínios, óleos e podas de plantas doentes. Também não é possível adicionar fezes, sejam elas humanas ou animais.

4. Como fazer compostagem: distribuindo os resíduos

Na hora de distribuir os resíduos é preciso deixar amontoados em um canto, sem espalhar na composteira. Depois, cubra completamente os resíduos com serragem ou outra matéria seca como folhas secas, palha, grama e galhos vindos de podas. Contudo, não coloque folhas e galhos muitos grossos que impossibilitem a entrada de ar, pois dessa forma você evita a oxigenação e desequilibra os microrganismos.

Como fazer o adubo orgânico?

Por fim, a última etapa da compostagem é a coleta dos adubo orgânico, que é bem simples de ser feita. A primeira etapa para coleta é colocar a caixa em um local bem iluminado para que as minhocas se escondam. Como elas são fotossensíveis, elas se esconderão da luz solar no fundo da caixa. Depois, abra a torneira localizada no fundo da caixa para escoar o chorume, material líquido e escuro. Armazene em um recipiente, pois ele pode ser utilizado diluído para borrifar em plantas para a saúde das folhas e espantar insetos.

Abra a composteira na parte de cima e retire o composto orgânico, deixando alguns centímetros de húmus para servir de cama para as minhocas novamente. Você pode retirar o adubo orgânico sempre que a sua composteira estiver cheia, mas é recomendável esperar ao menos 3 meses para o processo se completar. O resíduo pode ser utilizado como adubo para os mais variados tipos de plantas. Depois de retirar o seu adubo, basta começar o processo de compostagem novamente.

Gostou de aprender como fazer compostagem? Com certeza você não sabia que era tão simples assim, não é mesmo? Confira também como fazer adubo de casca de banana.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes