Peperômia: como cuidar da planta que é ideal para dentro de casa

A peperômia é ideal para ambientes internos pois não suporta a luz solar direta e compõe lindos vasos pendentes

0

A peperômia está entre as plantas mais fáceis de cuidar e é ideal para os ambientes internos. Além disso, não ocupa muito espaço, não é tóxica e forma lindos vasos pendentes conforme cresce, dependendo da variedade. Como existem diversos tipos, é importante conhecer alguns deles para direcionar melhor os cuidados. Por isso veja como cuidar de peperômia.

Peperômia: como cuidar para garantir que a planta fique sempre linda

Apesar de existirem diferentes tipos de peperômia, os cuidados básicos com elas são os mesmos. Cuidados como a iluminação, tipo de vaso, regas, entre outros vão ser os mesmos para os diferentes tipos de peperômia. Veja como manter sua planta sempre linda e saudável.

Atenção ao vaso

Um dos primeiros cuidados que temos que ter com qualquer planta quando levamos para casa é com o vaso. É preciso garantir que tenha furinhos embaixo para que a água escoe e proporcione uma boa drenagem. Outro cuidado é replantar a muda quando o vaso estiver pequeno demais para proporcionar um crescimento melhor.

Peperômia: como cuidar da iluminação

As peperômias gostam de bastante luz, mas nã toleram o sol direto em suas folhas. Quando em ambiente externo, escolha um local com sombra e sem que o sol atinja a planta. Dentro de casa é possível posicionar a planta perto de uma janela com bastante luz natural, mas sem sol. Também é importante tomar cuidado com as correntes de ar.

Regas

A quantidade de regas varia de acordo com a estação. No verão a planta vai precisar de mais regas, podendo receber um pouco de água todos os dias ou em dias alternados. No inverno é preciso que o solo esteja completamente seco antes de fazer uma nova rega. Na dúvida, coloque a ponta dos dedos no solo para garantir. Também é preciso toma cuidado com alguns tipos de peperômia para não concentrar a água em excesso perto das raízes. Utilize um regador ou spray para garantir uma rega uniforme.

Peperômia: como cuidar e fazer mudas

Se um galho da sua peperômia quebrou, é possível fazer uma muda com ele. Além disso, você pode fazer mudas com a peperômia de duas formas diferentes como mostra o vídeo.

A primeira forma de fazer é espetar o galho em um vasinho com terra e regar aproximadamente duas vezes por semana. Pode demorar um pouco para a muda se desenvolver, mas se desejar, utilize um produto enraizador. Outra forma é colocar o galho na água e trocar a cada dois ou três dias e plante no solo quando estiver com raízes. Confira o vídeo para entender melhor os detalhes.

Tipos de peperômia: como cuidar

Como já foi dito, independente do tipo, as peperômias possuem cuidados bem similares. Contudo, é importante conhecer o tipo da sua para garantir que os cuidados são os corretos. Por isso, conheça os tipos mais comuns de peperômia e como cuidar de cada um deles.

Peperômia caperata

Foto: divulgação/ Terrários & Suculentas

É a peperômia que possui folhas mais escuras, podendo ser de cor verde escura ou tons arroxeados, como a da foto. A planta produz flores pontiagudas nas estações quentes, que se parecem com antenas. O principal cuidado com essa variedade é para não encharcar o solo. Portanto, se certifique de que a terra está bem seca antes de fazer a próxima rega. Evite molhar o caule e prefira molhar perto das bordas do vaso.

Peperômia magnoliifolia

Foto: divulgação/ Izabela Plantas

Conhecida também como peperômia tricolor por conta das suas folhas nas cores verde, verde claro e rosa. Se difere um pouco dos demais tipos de peperômia por gostar de luz solar direta. Inclusive, a cor rosa só é atingida quando a planta recebe 4 horas de luz solar direta. Contudo, é preciso expôr a planta ao sol mais ameno, sendo preferível o horário da manhã. O solo deve ser rico em matéria orgânica e mantido sempre úmido, mas sem encharcar.

Peperômia argyreia (peperômia melancia)

Foto: divulgação/ Entre Raízes Botânica

Um tipo de peperômia que chama bastante atenção pelo desenho de suas folhas, que se parece com o padrão das cascas de melancia. Os cuidados são bem parecidos com os da caperata e é preciso tomar cuidado para não encharcar a terra ou molhar muito perto do caule. É preciso recolher as folhas que caem no substrato, especialmente se elas estiverem amareladas. Já as folhas saudáveis podem formar novas mudas.

Peperomia variegata (peperômia pendente)

Foto: divulgação/ Florentino Paisagismo e Jardinagem

Uma das peperômias mais conhecidas certamente é essa, que chama a atenção por seu belo format pendente e que pode chegar a muitos metros de comprimento. Mantenha em vasos pendentes ou em cima de móveis que proporcionem o efeito cascata. Dentre as peperômias é a mais resistente, apenas cuide para que a planta não receba sol direto, especialmente nos horários mais quentes. O solo deve ser mantido úmido, mas sem encharcar.

Viu só como é simples cuidar de peperômia? Ela é a planta ideal mesmo para quem não tem muita experiência. Confira mais opções em plantas fáceis de cuidar.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes