6 tipos de yoga e saiba qual o melhor para você

Há práticas focadas em permanência nas posturas, outras que são mais fluidas e também as que focam no desenvolvimento espiritual

0

O yoga é uma filosofia milenar e enquanto alguns tipos de yoga são mais tradicionais e não sofreram muitas modificações ao longo dos tempos, outros são bem modernos. Há alguns tipos de yoga que são mais recomendáveis para os iniciantes e outros para quem já pratica há algum tempo. Por isso, conheça os principais tipos de yoga e saiba qual é o mais recomendado para você.

1. Hatha yoga: o estilo mais popular do yoga

É o estilo de yoga mais comum, mas conhecido e mais praticado no ocidente. É considerado o yoga raiz, tradicional. É ideal tanto para quem está começando, como para quem desejar avançar na prática, pois há vários níveis. Uma prática de Hatha yoga não tem tantos asanas (posturas físicas) e eles não são muito dinâmicas. Aqui a foco é a permanência nas posturas, que traz o fortalecimento do corpo, flexibilidade e foco para a mente.

Hatha significa força e denota a força e determinação física, mental e espiritual para a permanência nas posturas. Além de denotar também a força para os demais aspectos do yoga além dos asanas.

+ Yoga para iniciantes: vídeos e posturas para começar a praticar

2. Ashtanga yoga

O Ashtanga yoga surgiu como uma ramificação do Hatha yoga e também é bem tradicional. Contudo, uma das principais diferenças é que a prática é intensa e exigente, recomendada para quem já pratica algum outro tipo de yoga. Uma prática de Ashtanga geralmente começa e termina com um mantra em sânscrito e dura entre 60 e 90 minutos. Só é possível passar para o nível intermediário quando se conhece e domina a prática básica. Ashtanga significa yoga de oito membros, para designar todos os aspectos do yoga.

3. Kudalini yoga – tipos de yoga

Também é um tipo de yoga tradicional, mas é bem voltado para o desenvolvimento e união entre mente, corpo e espírito. É um tipo de yoga bem espiritual, bem voltado para o trabalho interno a partir da atividade física. A respiração é um item muito importante na prática de Kundalini yoga, pois aliada com as posturas é capaz de equilibrar os chacras. Kundalini significa “aquela que tem o formato de uma serpente”, sendo a serpente relacionada com a coluna e a fonte de energia vital do universo. A boa postura é muito importante na prática de Kundalini, assim como o aspecto espiritual.

4. Vinyasa yoga

Também um tipo de yoga bem clássico, mas que se difere dos demais principalmente pelo flow. Isso significa que as práticas são bastante fluidas, com muito movimento e menos permanência nos asanas. É uma prática bastante graciosa, já que yoggis experientes parecem danças ao realizar os asanas. A sequência de movimentos é como uma coreografia bem ensaiada, em que a respiração é quem dita o ritmo. A prática traz consciência corporal, redução de stress e flexibilidade.

5. Raja yoga – tipos de yoga

Assim como a Kundalini, o Raja yoga é mais voltado para o espiritual e por isso conhecido como yoga real. Durante a prática os asanas não são muito desafiadores, mas com o intuito de purificar e preparar o corpo para um dos mais importantes aspectos do yoga, a meditação. As práticas são muito voltadas para o emocional e espiritual do yoggi.

6. Iyengar yoga

O Iyengar yoga, assim como o Hatha yoga tem um foco maior na permanência nas posturas. A prática foi fundada pelo mestre Bellur Krishnamachar Sundararaja Iyengar e seu surgimento é recente, considerado um dos tipos de yoga modernos. A principal diferença desse tipo é que incentiva o uso de equipamentos (props) para aumentar a possibilidade de permanência nas posturas. Mas o uso de equipamentos não significa que é mais fácil do que os outros tipos, já que há muito rigor técnico e foco no alinhamento.

Uma grande vantagem deste tipo de yoga é que se faz possível mesmo para as pessoas com limitações físicas. Lesões, problemas de coluna e postura e mesmo o sedentarismo não são impedimentos para realizar a prática. Com a ajuda dos equipamentos é possível aumentar a permanência nas posturas, além de desenvolver consciência corporal, mental e espiritual. A longa permanência nas posturas é indica para levar prana (energia vital) para todo o corpo e melhorar a saúde de forma geral.

Agora que você conhece os principais tipos de yoga, veja também como escolher o seu tapete de yoga para começar a praticar.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes