Óleo de copaíba: para que serve e como usar na pele e cabelos

O óleo de copaíba pode ser utilizado nos cuidados com a pele e cabelos, além de benefícios para a saúde

0

A copaíba é uma árvore nativa da América Latina, muito predominante no Brasil na região Amazônica. Também é conhecida como pau-de-óleo, tal a importância da extração deste material. Por isso, entenda para que serve o óleo de copaíba, conheça os diferentes tipos e aprenda como usar para receber os benefícios.

Tipos de óleo de copaíba

Quando falamos em óleo de copaíba e para que serve, primeiramente devemos diferenciar os dois tipos disponíveis. Há o óleo essencial de copaíba e também o óleo vegetal. Tanto o óleo essencial, como o óleo vegetal são extraídos da árvore copaíba, mas apresentam diferentes funções e formas de uso. A principal diferença entre eles está na concentração, já que o OE é mais concentrado e aromático, precisando ser diluído para a utilização. Já o óleo vegetal pode ser utilizado puro na pele e cabelos, seguindo as recomendações.

Óleo de copaíba: para que serve?

óleo de copaíba
Foto: Pexels

O óleo de copaíba é conhecido como “bálsamo da Amazônia” por conta de suas propriedades para a saúde. Sua composição é 72% de sesquiterpenos (hidrocarbonetos) e 28% de diterpenos (ácidos carboxílicos), mas pode variar de acordo com alguns fatores. Contudo, é essa química do óleo de copaíba que nos mostra para que ele serve. Por conta dessa composição o óleo é um potente cicatrizante, antisséptico, antibacteriano, analgésico e expectorante. Confira mais finalidades do óleo.

  • Antisséptico, podendo ser utilizado na pele acneica ou em feridas para cicatrização;
  • Expectorante: ajuda em quadros de tosse e resfriado para a expectoração;
  • Anti-inflamatório: podendo ser usado na pele ou em gargarejos, em quadros de garganta inflamada;
  • Combate o reumatismo e as dores musculares: a massagem com o óleo de copaíba alivia dores do reumatismo e outras inflamações, além de ativar a circulação sanguínea e contribuir para o tratamento de doenças como a gota e tendinite;
  • Auxilia a estancar hemorragias.

Óleo de copaíba para a pele: para que serve?

Na pele, o óleo de copaíba ajuda a manter a saúde e a beleza da cútis. É cicatrizante, auxilia no tratamento de esfrias, cicatrizes em geral e manchas, como as causadas pela acne. Especialmente quando combinado com outros óleos, como por exemplo rosa mosqueta ou vetiver, é bastante eficaz na redução de manchas. Também é um óleo emoliente, ou seja, auxilia na hidratação da pele. Mantém a pele macia, regenera, além de melhorar a elasticidade da pele e evitar o envelhecimento precoce.

Óleo de copaíba para os cabelos: para que serve?

Já nos cabelos, o óleo de copaíba também é bastante eficaz e por isso, amplamente utilizado na indústria da beleza na fabricação de xampus e cremes. No couro cabeludo, ele é capaz de equilibrar a produção de sebo, reduzindo a oleosidade. Também é antisséptico e cicatrizante, tratando problemas como a caspa, micoses e feridas no couro cabeludo. No comprimento dos fios é eficaz para brilho, maciez, além de proteger a cor dos cabelos tingidos.

Como usar o óleo de copaíba?

Há diversas formas de usar o óleo de copaíba e tudo depende da finalidade desejada. Também é preciso verificar o tipo de óleo utilizado, pois o óleo essencial precisa sempre ser diluído para a sua utilização. Confira as principais formas de uso.

Para massagens ou aplicação em feridas e manchas, é recomendável diluir 2 gotas de óleo essencial de copaíba em óleo vegetal carreador. Já o óleo vegetal de copaíba pode ser aplicado puro na região. Para massagens contra a dor, friccione as palmas das mãos com o óleo e aplique na região. No rosto, é recomendável aplicar na pele limpa, antes de dormir e lavar o rosto ao amanhecer. Use na sua rotina de skincare diariamente para melhores resultados.

Já nos cabelos, o óleo essencial de copaíba também deve ser diluído nas proporções citadas acima. Pode ser aplicado em massagens no couro cabeludo ou diluído em cremes para a hidratação.

Os óleos vegetais e essenciais podem ser bastante benéficos para a saúde e no caso do óleo de copaíba, não há contraindicações. Contudo, é importante respeitar a diluição e suspender o uso se observar algum efeito colateral. Os tratamentos naturais não substituem a orientação médica.

Confira também os benefícios do óleo de melaleuca.

FONTES: eCyle e Tua Saúde.

Mayara Benatti, redatora desta matéria, também é aromaterapeuta em formação.

 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes