Óleo essencial de melaleuca: 5 benefícios para a pele

Um dos óleos essenciais mais utilizados, o OE de melaleuca é muito eficiente nos cuidados com a pele, cabelos e muito mais. Saiba como usar e quais cuidados ter.

0 53

A aromaterapia apresenta benefícios incríveis para o corpo e para a mente. Entre os OEs mais utilizados está o óleo essencial de melaleuca, também conhecido como Tea Tree, um grande aliado para os cuidados com a pele. Mas você já conhece todos os benefícios? Saiba para que serve e também como utilizar com segurança.

Para que serve o óleo essencial de melaleuca? 5 benefícios

(Foto: Unsplash)

O óleo essencial de melaleuca é extraído da planta Melaleuca alternifolia, de origem australiana e parente do eucalipto. Ela é uma planta já muito conhecida, pois já é utilizada há muito tempo pelos aborígenes australianos. Esse OE é amplamente conhecido por conta de suas propriedades antifúngicas, antissépticas, antibacterianas, anti-inflamatórias, germicidas, entre outras. Confira x benefícios do óleo essencial de melaleuca.

1. Combate a acne

Esse OE é amplamente utilizado nos cuidados com a pele, sendo que combate a inflamação e a bactéria Propionibacterium acnes, responsável pelo aparecimentos de acnes. Além disso, equilibra a oleosidade da pele e previne que o problema volte a aparecer. Peles com inflamações em geral podem se beneficiar com este óleo. Já existem muitos cosméticos com melaleuca na composição, o que facilita o uso.

2. Mantém o couro cabeludo saudável

Assim como sua ação antisséptica e anti-inflamatória auxilia a pele, também ajuda o couro cabeludo permanecer saudável. Cabelos oleosos podem equilibrar a produção de sebo e acabar com a caspa. Além disso, ao eliminar estes problemas o cabelo tende a crescer mais por estar saudável, então também é um grande aliado do projeto Rapunzel. Também já existem diversos produtos para cabelo com melaleuca na composição.

3. Desinfecta feridas

O OE de melaleuca é eficaz contra diversas bactérias, E. coliS. pneumoniaeH. influenzae, S. aureus são algumas delas. Esses microrganismos são responsáveis pelas infecções em feridas abertas e causam dificuldade em cicatrizar. O OE pode ser utilizado para acelerar a cicatrização e também evitar que infeccione e desinflamar a região.

4. Repele insetos

O OE mais conhecido como repelente é o de citronela, no entanto, o óleo de melaleuca também tem se mostrado eficaz para repelir insetos e outros parasitas. Pode ser feito um repelente natural junto ao OE de citronela ou de lavanda. Os repelentes industrializados contém compostos que prejudicam o meio ambiente, então pensar em uma opção natural é interessante. Além disso, também existem estudos que mostram possíveis resultados contra infestações causadas por piolhos.

5. Trata fungos nas unhas

Por conta de sua ação fungicida pode ser utilizado para tratar fungos nas unhas. No entanto, não substitui o tratamento médico convencional, apenas pode ser adicionado à rotina de cuidados. Como os fungos possuem um ciclo de vida específico é preciso seguir o tratamento à risca para que o problema não volte depois do tratamento.

Como usar o óleo essencial de melaleuca

Há muitas formas de utilizar esse óleo essencial, sendo que o uso na pele e nos cabelos é o mais conhecido. Mas também é possível fazer um desodorante com ele, além de utilizar no tratamento de feridas. Veja a seguir como aproveitar as propriedades incríveis deste óleo no seu cotidiano.

Na pele

O OE de melaleuca pode ser utilizado em qualquer tipo de pele, mas as peles acneicas e oleosas são as mais beneficiadas por ele. É preciso tomar cuidado para não utilizar em grandes quantidades, já que pode sensibilizar a pele e causar alergias. Para começar, você pode diluir 1 gota em seu creme facial, na máscara de argila verde ou então, produzir um sérum facial com ele. É importante começar com poucas quantidades para saber como a sua pele vai reagir ao produto.

Nos cabelos

Nos cabelos, esse óleo essencial ajuda a equilibrar a produção sebácea, além de cicatrizar pequenas feridas e diminuir a caspa. A melhor forma de aproveitar os benefícios capilares da melaleuca é a partir de uma máscara para um detox capilar. Veja como fazer.

Você vai precisar de

  • Argila verde;
  • Água;
  • 5 gotas de OE de melaleuca.

Como fazer

  1. Misture argila e água até obter uma textura cremosa e quantidade suficiente para todo o couro cabeludo;
  2. Adicione o óleo essencial de melaleuca e misture bem;
  3. Aplique em todo o couro cabeludo com um pincel;
  4. Deixe agir durante 20 minutos;
  5. Enxágue com água morna e lave os cabelos normalmente.

Além disso, esse óleo essencial pode ser misturado no shampoo em pequenas quantidades. Em um shampoo de 200ml, você pode colocar entre 3 e 7 gotas do óleo. Mas se certifique de que já não há o OE na composição antes de colocar, pois já existem muitos produtos capilares com esse óleo.

+ Óleos essenciais para cabelo

Em feridas

O óleo essencial de melaleuca é um dos mais utilizados para tratar feridas devido às suas propriedades antibacterianas, antissépticas e fungicida. Por isso, pode evitar infecções, além de acelerar o processo de cicatrização e também reduzir a inflamação no local. Mas o óleo deve ser bem diluído antes de ser aplicado. Veja como.

Como usar

Utilize 1 gota de óleo essencial para cada colher de óleo vegetal. Você pode utilizar óleo de amêndoas, de calêndula, de girassol, copaíba, entre outros, mas o óleo deve ser 100% vegetal. Utilize 1 ou 2x ao dia até a ferida cicatrizar. Se desejar, também é possível fazer um emplasto e deixar a mistura agir por alguns minutos.

Nas unhas

Devido às suas propriedades fungicidas e antibacterianas o OE de melaleuca pode ser aliado aos tratamentos convencionais em casos de problemas nas unhas. Para fazer, basta diluir 2 a 3 gotas de óleo essencial para 1 colher de óleo vegetal carreador, como o de amêndoas. Então, aplique nas unhas afetadas algumas vezes ao dia.

No desodorante

Por fim, um uso muito interessante deste OE é no desodorante natural. Junto com o leite de magnésia é possível fazer uma receita que protege contra os odores, além de não prejudicar a sua saúde. Veja a seguir como fazer o seu.

Você vai precisar de

  • Leite de magnésia;
  • Água filtrada;
  • OE de melaleuca;
  • Frasco spray.

Como fazer

  1. Preencha 3/4 do frasco com leite de magnésia;
  2. Em seguida, acrescente água, mas deixando um espaço o suficiente para agitar o produto;
  3. Adicione 5 a 10 gotas de óleo essencial de melaleuca e agite bem;
  4. Por fim, basta utilizar como desodorante, aplicando nas axilas sempre que sentir necessidade.

Cuidados ao usar o OE de melaleuca

(Foto: Unsplash)

Há muitas receitas na internet indicando o uso do óleo essencial de melaleuca para tratar a candidíase. No entanto, é válido lembrar que aplicar o OE na região íntima pode causar ferimentos e não solucionar o problema. Não é recomendável fazer banho de assento com nenhum óleo essencial, já que as moléculas não se dissolvem na água e podem ferir a região. A prática de pingar OE de melaleuca na calcinha também não é indicada, pois apresenta riscos para a saúde. É preciso se lembrar de que não é porque algo é natural que não apresenta riscos. O uso interno e nas mucosas só deve ser feito com a orientação de um/a aromaterapeuta experiente.

O uso tópico deve ser feito preferencialmente diluído em óleos vegetais ou então em cosméticos prontos para o uso. Há quem utilize este OE puro em pequena quantidade em feridas ou espinhas, mas é preciso se certificar de que não terá nenhuma reação. Siga sempre as orientações de diluição no rótulo do produto. Além disso, não é recomendável utilizar todos os dias, alterne o uso. Em caso de alergias ou qualquer sintoma, procure orientação médica.

FONTES

– Mayara Benatti é aromaterapeuta em formação pela escola de aromaterapia Apotecários da Floresta.

– Prof. Fernando Amaral em um vídeo para a empresa WNF.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes