Chá de erva-doce: benefícios, como fazer e dúvidas esclarecidas

0 48

O chá de erva-doce é popularmente conhecido pelos seus benefícios contra a gastrite, má digestão, gases, dor de cabeça e também para acalmar. A planta que possui o nome científico Pimpinella anisum apresenta propriedades analgésicas e anti inflamatórias, entre outras. Confira os benefícios, como fazer o chá e mais informações sobre a erva-doce.

Benefícios e usos do chá de erva-doce

  • Alivia cólicas menstruais;
  • Tratamento dos sintomas da gastrite;
  • Dor de barriga;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço abdominal;
  • Gases;
  • Alivia tosse, coriza, dor de garganta e outros sintomas de gripes e resfriados;
  • Ajuda com a má digestão;
  • É diurética.

Como fazer o chá de erva-doce

(Foto: Unsplash)

Para aproveitar todos os benefícios da erva-doce, você vai precisar fazer o chá. Confira algumas receitas saborosas e repletas de funcionalidades.

Chá de erva-doce simples

Vamos começar pela receita simples, apenas com erva-doce. É válido dizer que é recomendado utilizar a própria erva para a preparação e evitar os sachês industrializados. Assim, é possível obter os benefícios completamente. Veja como fazer.

Ingredientes

1 colher de sopa de erva-doce seca;

300ml de água.

Modo de preparo

Leve a água com a erva-doce para o fogo e deixe ferver durante 5 minutos. Depois, espere amornar e consuma em seguida.

Chá de erva-doce com limão

Para potencializar o efeito digestivo da erva-doce você pode fazer o chá com limão. Além disso, o chá vai ajudar a aliviar os sintomas de gripes e resfriados. Confira o modo de preparo.

Ingredientes

1 colher de sopa de erva-doce seca;

½ limão espremido;

300ml de água.

Modo de preparo

Leve a água com a erva-doce para o fogo e deixe ferver durante 5 minutos. Depois, esprema o limão com o chá coado, espere amornar e consuma.

Chá de erva-doce com canela

A canela é uma grande aliada contra o inchaço e retenção de líquidos, por isso vai potencializar os efeitos diuréticos da erva-doce. Além disso, é estimulante e vai evitar que o chá cause sono. Veja o modo de preparo.

Ingredientes

1 colher de sopa de erva-doce seca;

1 pau de canela;

300ml de água.

Modo de preparo

Leve a água com a erva-doce e a canela  para o fogo e deixe ferver durante 5 minutos. Depois, espere amornar, coe e consuma em seguida.

Dúvidas, possíveis efeitos colaterais e contraindicações

(Foto: reprodução)

Tenha em mente que chás naturais também podem ter efeitos colaterais. Não é porque é natural que não vai ter contraindicações e vai poder ser consumido em excesso. A seguir, respondemos dúvidas sobre o chá de erva-doce, falamos sobre os efeitos colaterais e contraindicações do consumo.

Dá sono?

O chá de erva-doce tem efeito calmante e atua relaxando os músculos. Por conta disso, pode sim causar sono como efeito colateral. Mas o efeito pode variar, algumas pessoas podem sentir sono e outras não. Se você procura um chá para dar sono, confira essa lista de calmante natural.

Pode tomar todos os dias?

O consumo do chá pode ser feito todos os dias, desde que respeitando a quantidade de 3 xícaras ao dia. No entanto, crianças, gestantes, lactantes e pessoas que tomem medicamento de uso contínuo devem consultar opinião médica. Além disso, se deve observar os possíveis efeitos colaterais.

Bebês podem tomar?

Chás e outros líquidos além do leite materno devem ser introduzidos na alimentação dos bebês apenas a partir dos 6 meses. Mas a partir dessa idade o chá de erva-doce pode ser oferecido aos pequenos, desde que sem adoçar. Recomenda-se o preparo da infusão apenas com água e erva-doce. Oferte em pequenas quantidades.

Emagrece?

O chá de erva-doce é diurético e auxilia nos processos digestivos, além de expelir gases. Por conta dessas propriedades, ele auxilia no inchaço abdominal e pode trazer a sensação de emagrecimento. Mas não há indícios de perda de peso, não existem evidências científicas do emagrecimento associado ao consumo do chá de erva-doce. O que ocorre é melhora no inchaço abdominal.

É abortivo?

A erva-doce tem propriedades abortivas. No entanto, apenas se ingerida em excesso. A erva é capaz de estimular o útero e causar contrações uterinas. Além disso, o chá é estimulante da menstruação e pode ser consumido quando está atrasada, favorecendo o fluxo.

Contraindicações

Não deve ser consumido em grandes quantidades por gestantes e lactantes. Além disso, é contraindicado para mulheres que estão fazendo tratamento contra o câncer de mama. A erva-doce estimula a produção de estrogênio, que pode atrapalhar o tratamento. A erva-doce também atrapalha a absorção de ferro, por isso não é indicado o consumo para quem suplementa o nutriente. 

Possíveis efeitos colaterais

Normalmente os efeitos colaterais surgem com o consumo em grandes quantidades, por isso, evite tomar muito. Em alguns casos raros surgem náuseas, vômitos e reações alérgicas. Não ultrapasse a quantidade diária de 3 xícaras e não consuma se fizer parte do grupo de pessoas para as quais o chá é contraindicado.

Quando consumido com moderação, o chá de erva-doce pode trazer muitos benefícios para a saúde. Continue se cuidando de forma natural e confira também os benefícios do chá de louro.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes