Chá de alecrim: para que serve, como fazer e contraindicações

O alecrim é amplamente utilizado como tempero, mas poucas pessoas sabem que o seu chá é repleto de benefícios. Veja para que serve, como fazer e as contraindicações

0 36

O alecrim é uma erva amplamente conhecida e utilizada, principalmente como tempero na culinária. Para além do uso como tempero, o chá de alecrim também pode ser consumido e apresenta diversos benefícios. O chá de alecrim é ideal para reduzir dores musculares, estimula a memória, ajuda no trato digestivo e muito mais. Quer saber mais propriedades desse chá e aprender a preparar? Confira a seguir.

7 benefícios do chá de alecrim

O nome científico do alecrim é Rosmarinus officianalis, sendo nativo das regiões do mediterrâneo e Ásia. Cresce em regiões mais secas e com bastante sol. Mas pode ser cultivado em casa, desde que se tenha bastante espaço, seja no chão ou mesmo em vasos. O cheiro do alecrim é bem específico e difícil de confundir. Quanto às suas propriedades, é rico em fibras, cálcio, ferro, magnésio, potássio, além das vitaminas A, C e B. Confira 7 benefícios do chá de alecrim.

1. Estimula a memória

O chá de alecrim pode ser consumido para proporcionar boa memória. Este estudo mostrou que o alecrim estimula a memória, além de trazer foco e concentração. Por conta de suas propriedades redutoras do stress, aumentam a nitidez dos pensamentos e melhoram o humor. Todas essas propriedades são grandes aliadas de um dia sem foco no trabalho, não é mesmo? Experimente uma xícara de chá de alecrim e observe os resultados.

2. Melhor funcionamento mental

Além dos bons resultados em pesquisas que indicam a melhora na memória, o alecrim têm propriedades que ajudam no melhor funcionamento do cérebro. Uma pesquisa revelou que essa erva melhora a função cognitiva em idosos. Mais estudos precisam ser feitos, mas há indícios de que o alecrim pode ajudar com um melhor desempenho mental, tanto em adultos como em idosos.

3. Melhora a circulação

Um dos efeitos do alecrim é o antiplaquetário, isto é, auxilia nos problemas circulatórios. Ajuda a evitar a formação de trombos, que levam à trombose. É recomendado até mesmo por médicos após cirurgias vasculares, em alguns casos. Mas essas pessoas devem consumi-lo somente mediante a orientação médica, já que apenas o chá não é capaz de curar os problemas.

4. Estimula o crescimento dos cabelos

Quem está fazendo o projeto Rapunzel pode se beneficiar com as propriedades do alecrim para os cabelos. Este estudo mostrou que o óleo essencial de alecrim é eficaz no tratamento de alopécia, ou seja, é capaz de acelerar o crescimento dos fios. Também controla os níveis de oleosidade do couro cabelo, mas neste caso, o uso do chá deve ser externo, aplicando no couro cabeludo e massageando. Veja também quais os melhores óleos essenciais para cabelo.

5. Elimina inchaços, dores e cólicas

Minerais como cálcio, potássio e magnésio presentes na composição do alecrim auxiliam na redução de dores em inchaços. É excelente contra a retenção de líquidos e também grande aliado contra as cólicas menstruais. Por conta do seu efeito contra as cólicas menstruais, também reduz o stress desse período, colaborando ativamente contra os sintomas da TPM.

6. Ajuda no processo digestivo

Estes mesmos minerais também são capazes de auxiliar o processo digestivo. Diminui o inchaço abdominal causado pelos gases, pois ajuda a expelir. Além disso, previne também a formação desses gases, especialmente quando consumido após as refeições. Também ajuda a estimular o apetite em pessoas que estão sem fome por algum motivo.

7. Efeito antioxidante

Esse estudo feito com ratos mostrou que os componentes antioxidantes do alecrim se mostraram eficazes no combate contra células cancerígenas. No entanto, os estudos ainda são preliminares e é preciso avançar mais para ter certeza. Além disso, já é conhecido que a ação antioxidante atua na renovação celular e atua contra o envelhecimento precoce.

Como preparar o chá de alecrim

(Foto: Pexels)

É bem fácil encontrar em supermercados e feiras, tanto fresco como seco. Para preparar o chá você pode utilizar nas duas formas, apenas se certifique que é mesmo o alecrim e se possível compre pelo nome científico. Portanto, para garantir os benefícios citados, veja como preparar o chá em casa e aproveitar.

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de folhas de alecrim;
  • 150ml de água fervente.

Modo de preparo

Adicione o alecrim na água fervente e deixe em infusão tampado durante 5 minutos. Coe e consuma morno. Consuma até 3 vezes ao dia, sem adoçar.

Também é possível adicionar outras ervas e especiarias, como o orégano ou a canela, que potencializam ainda mais o efeito terapêutico durante o período menstrual.

Contraindicações e possíveis efeitos colaterais

O chá de alecrim é bastante seguro para pessoas sem doenças crônicas ou que não façam uso de medicamentos contínuos. No entanto, o consumo em excesso pode causar desidratação por conta do efeito diurético, além de vômitos ou náuseas. Não é recomendável consumir mais de 3 xícaras ao dia e nem consumir todos os dias por mais que 3 meses.

O consumo do chá é contraindicado para pessoas com epilepsia, crianças menores de 5 anos, gestantes e lactantes. Além disso, qualquer pessoa com doença grave ou que faça uso de medicamentos contínuos deve consumir apenas com orientação médica.

Conheça também os benefícios do chá de carqueja.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes