Chá de espinheira-santa é um santo remédio para a digestão

O chá é benéfico para o sistema digestivo como um todo, sendo capaz de aliviar sintomas da gastrite, má digestão, entre outros benefícios

0

O chá de espinheira-santa é um remédio natural amplamente conhecido e consumido. O benefício que mais chama a atenção é para a saúde digestiva e especialmente do estômago. Assim, o chá é consumido para aliviar a gastrite, má digestão, azia, entre outros incômodos estomacais. Mas o chá apresenta muitos outros benefícios. Conheça, saiba como preparar e confira mais informações sobre a espinheira-santa.

Para que serve o chá de espinheira-santa? Conheça 8 benefícios

O Dr Juliano Teles explica em seu vídeo no YouTube que a espinheira-santa é uma planta medicinal utilizada há pelo menos 90 anos no Brasil. É endêmica da região sul do Brasil e é utilizada principalmente como remédio natural para problemas estomacais. Beneficia a saúde digestiva por completo, aliviando os sintomas da gastrite, queimação, sensação de inchaço, refluxo, entre outros benefícios.

  1. Benéfico para o sistema digestivo como um todo;
  2. Alivia dores estomacais;
  3. Reduz a azia e queimação;
  4. Protege o estômago;
  5. É diurético, diminuindo a sensação de inchaço e a retenção de líquidos;
  6. Melhora o funcionamento do intestino;
  7. Possui ação anti-bacteriana, inclusive contra a H. pylori;
  8. Benefícios para a pele que incluem redução da acne, inflamações e cicatrizes quando a planta é utilizada de forma tópica.

Como preparar o chá de espinheira-santa

espinheira-santa
Foto: divulgação/Safari Garden

Para garantir todos os benefícios do chá de espinheira-santa, é preciso preparar da maneira correta. Por isso, seguimos a receita apresentada pelo Dr. Juliano Teles em seu vídeo. Para fazer, você vai precisar das folhas de espinheira-santa secas, encontradas em lojas de produtos naturais. Veja como preparar.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de folhas secas de espinheira-santa;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

  1. Leve a água para o fogo até ferver e desligue;
  2. Em seguida, adicione a espinheira-santa, tampe e deixe em infusão durante 10 minutos;
  3. Coe e consuma durante o dia.

Como e por quanto tempo pode tomar?

O Dr. Juliano Teles esclarece em seu vídeo que o chá pode ser consumido diariamente, especialmente por quem precisa de proteção gástrica. É indicado o consumo de até 1 litro por dia, dividido em três porções. Se desejar a proteção gástrica, consuma antes de cada refeição. Mas o chá também pode ser consumido morno e em menor quantidade após as refeições. Para o efeito diurético o chá pode ser consumido em qualquer período do dia.

Uso tópico da espinheira-santa

Além do consumo do chá, a espinheira-santa pode ser utilizada em compressas quentes ou frias, para melhorar o aspecto da pele. Ajuda a cicatrizar machucados, acnes, inflamações, além de promover a assepsia por ser anti-bacteriana. Aplique diretamente o chá de espinheira-santa na lesão e deixe por alguns minutos pressionando levemente.

Chá de espinheira-santa emagrece?

Por conta do seu efeito diurético e que contribui para o bom funcionamento do intestino, o chá de espinheira-santa é um grande aliado contra a sensação de inchaço. No entanto, não há relação entre o consumo do chá e a perda de gordura. Afinal, o efeito diurético não é capaz de causar emagrecimento, apenas alivia a retenção de líquidos. Pode ser um grande aliado para quem sofre com a retenção.

Ajuda a menstruação a descer?

Sim, a espinheira-santa promove o efeito eminagogo, o que faz a menstruação descer mais rápido. No entanto, não deve ser consumido em caso de suspeita de gravidez, pois pode ser abortivo. As informações são de um estudo promovido pela UFPR.

Contraindicações e efeitos colaterais

A espinheira-santa é contraindicada para gestantes e lactantes, além das pessoas que possuem alergias à planta. É interessante consumir uma pequena quantidade do chá ao ingerir pela primeira vez e observar possíveis efeitos colaterais. Por ser diurética também não é indica para quem faz uso de medicamentos diuréticos, inclusive os para pressão alta. Nestes casos o consumo deve ser acompanhado de recomendação médica. Ainda por ser diurético, o consumo excessivo pode causar desidratação e perda de eletrólitos. Então, não exceda o máximo de 1 litro ao dia e faça o consumo de forma espaçada.

O chá de espinheira-santa é mesmo um ótimo remédio natural para se ter em casa, especialmente para os problemas estomacais. Conheça também os benefícios do chá de quebra-pedra.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes