7 benefícios do banho frio e quando ele é recomendado

O banho frio ajuda a ter mais disposição pela manhã, melhora a circulação e pode te ajudar a viver com mais bem-estar

0

O banho frio é um daqueles assuntos que de repente começa a bombar na internet. Entre mitos e verdades sobre a prática, podemos afirmar que sim, ele pode ter benefícios para a saúde. No entanto, não é recomendável para algumas pessoas. Portanto, conheça os benefícios e veja também as contraindicações da prática.

Quais os benefícios do banho frio?

Quando falamos em benefícios do banho frio, há muitos mitos encontrados na internet. Por isso, com base nas explicações do Dr Gabriel Azzini e estudos científicos, trazemos os verdadeiros benefícios. Listamos 7 benefícios abaixo, mas você também pode assistir o vídeo para entender mais sobre o assunto.

1. Alívio das dores

Nem todas as dores podem ser aliviadas com o banho gelado, afinal, há algumas dores que aumentam com o frio. No entanto, no caso de dores musculares, inchaços, entre outros tipos de dores podem ser reduzidas com um banho frio.

2. Recuperação muscular

Não é à toa que os atletas se banham em banheiras de gelo após treinos intensos, já que a contração muscular auxilia na recuperação. Então, o banho gelado pode te ajudar muito na recuperação muscular após treinos e exercícios diversos.

3. Ajuda a acordar com disposição

E também pode ajudar a dormir melhor. A temperatura é algo que influencia bastante quando falamos em vitalidade, isso porque o calor tende a trazer letargia. Então, tomar um banho frio, ao invés de um banho quente pela manhã pode trazer mais vigor para o seu dia. Além disso, antes de dormir pode ajudar a relaxar e proporcionar uma boa noite de sono. O corpo humano costuma diminuir 1 grau de sua temperatura ao dormir e no calor pode ser difícil que isso aconteça. Então o banho frio pode te ajudar com isso, especialmente nos dias quentes.

4. Melhora a circulação sanguínea

O banho gelado estimula a produção diversos impulsos elétricos no cérebro, que produzem substâncias. Entre elas, destacamos a noradrenalina, substância capaz de regular a pressão arterial. Com isso, melhora a circulação sanguínea como um todo e previne a incidência de doenças cardiovasculares. Contudo, quem tem pressão alta e histórico de doenças cardíacas na família deve consultar o médico constantemente e inclusive questionar sobre a possibilidade ou não de tomar banhos gelados.

5. Melhora a imunidade

Em seu vídeo, o Dr. Gabriel Azzini cita um estudo que foi feito com 3018 participantes acerca do banho gelado. Foram feitos 4 grupos com essas pessoas, sendo que 3 tomavam banhos gelados e 1 tomava apenas banhos quentes. Essas pessoas foram acompanhadas durante 3 meses e os grupos que tomavam banhos gelados tiveram uma grande redução no número de doenças. E quando somada a prática de banho frio com exercícios físicos os benefícios foram ainda maiores. No entanto, mais estudos são necessários para comprovar este benefício.

6. Faz bem para a pele e cabelos

Não é segredo para ninguém que a água quente prejudica muito a pele e os cabelos. As peles e cabelos secos podem se tornar ainda mais ressecados em banhos quentes constantes. Já as peles e cabelos oleosos tendem a produzir ainda mais oleosidade em contato com a água quente. O banho frio contrai os vasos sanguíneos e momentaneamente reduz os poros. Portanto, colabora bastante com a saúde da pele e dos cabelos.

Contudo, a forma mais recomendada de se beneficiar é com uma ducha fria ao final do banho morno. A água morna (não quente) é a ideal para higienizar a pele e o couro cabeludo, pois assim as impurezas se soltam com mais facilidade. Então, ao final, utilize a ducha fria para garantir os benefícios.

7. Traz bem-estar

Segundo o site Tua Saúde, o banho frio pode colaborar com a sensação de bem-estar. Isso porque a água fria em contato com a pele ativa os receptores de frio na pele e envia sinais elétricos para o cérebro. Isso resulta em um aumento de endorfina no sangue, um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar. Assim, pode beneficiar pessoas que estão passando por momentos difíceis ou que sofram com transtornos psicológicos. Mas não substitui o tratamento psicológico e psiquiátrico.

Mas faz mal tomar banho frio?

Apesar de ter diversos benefícios, o banho frio pode sim fazer mal para algumas pessoas. Pessoas com desequilíbrios cardíacos sérios podem ter malefícios como uma arritmia. Em dias muitos frios também não é recomendável, pois pode causar hipotermia. Já as pessoas que sofrem com dores crônicas que tendem a aumentar nas temperaturas frias, também devem evitar o banho frio. De qualquer forma, quem está em acompanhamento médico e deseja se beneficiar com o banho frio deve comunicar ao profissional para que juntos decidam se a prática é recomendável ou não.

Afinal, é melhor tomar banho frio ou quente?

Banho frio ou quente é uma escolha muito complexa e que envolve uma série de fatores. Contudo, sabemos que o banho muito quente pode ser prejudicial, especialmente para as peles secas ou oleosas. Se você gosta de banhos quentes, tente optar pelos banhos mornos, que não são prejudiciais. E se desejar optar pelo banho frio é interessante começar aos poucos, com uma ducha fria ao finalizar o banho, por exemplo. Observe como se sente diante do banho frio e se apresentar desconfortos, interrompa a prática.

O banho frio pode ter muitos benefícios e talvez vale a pena experimentar. Confira também alimentos ricos em fibras para uma rotina mais saudável.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes