Cores das velas: o que significam e como usar cada uma

Cada cor tem um significado específico na espiritualidade e quando usamos velas, é importante se atentar à elas

0

As cores são muito importantes na espiritualidade e há até mesmo a cromoterapia, uma prática que usa o poder e benefícios das cores. Por isso, é importante conhecer os significados das cores das velas para utilizar melhor em meditações, rituais e simpatias. Assim, conheça o significado de cada uma e saiba a melhor forma de usar de acordo com os seus objetivos.

O que significam as cores de velas?

Aqui estão os significados das diferentes cores de velas em geral:

Velas brancas – Destruição de energia negativa, paz, verdade e pureza.
Velas roxas – Consciência espiritual, sabedoria, tranquilidade.
Velas lavanda – Intuição, paranormal, paz, cura.
Velas azuis e azuis profundas – meditação, cura, perdão, inspiração, fidelidade, felicidade e linhas iniciais de comunicação.
Velas verdes – dinheiro, fertilidade, sorte, abundância, saúde, sucesso.
Velas rosa e rosa – amor próprio positivo, amizade, harmonia, alegria.
Velas amarelas – Realização e manifestação de pensamentos, confiança, execução de planos, criatividade, inteligência, clareza mental, clarividência.
Velas laranja – alegria, energia, educação, força, atração, estimulação.
Velas vermelhas  – paixão, energia, amor, luxúria, relacionamentos, sexo, vitalidade, coragem.
Velas pretas – Proteção, absorção e destruição de energia negativa e também repelir energia negativa de outras pessoas.
Velas de prata – Deusa ou energia feminina, remove a negatividade, o desenvolvimento psíquico.

Cores das velas – vela cor Verde

Verde simboliza a natureza e também é a cor da cura. Por ser a cor do trevo-de-quatro-folhas, a cor verde também simboliza a boa sorte e ganhos materiais. Essa vela pode ser utilizada em rituais de abundância e prosperidade, além de meditações pela cura. Na Umbanda, a vela verde é firmada para Oxossi, Orixá das matas. Também é a cor das velas para caboclos e caboclas, por simbolizar a natureza.

Cores das velas

Vela vermelha

Já a cor vermelha simboliza o amor e a paixão, além de estar ligada aos impulsos, força criativa e saúde. É muito poderosa em rituais para vencer o medo, pois a cor é bastante forte. Amplamente utilizada em rituais e simpatias para o amor, autoestima e sensualidade. Na Umbanda é firmada para Ogum.

Vela laranja

A cor laranja inspira o entusiasmo, a coragem, a vitalidade e a energia no geral. É muito utilizada para atrair boa sorte, alegria e também fortalece a comunicação. Além disso, também pode ser acendida para um amigo que está precisando, pois é a cor da amizade. Na Umbanda é firmada para a falange dos Ciganos, Oxum e dependendo da linha, para Ogum.

Cores das velas: Amarela

Amarelo é a cor do ouro e por isso é amplamente utilizada para potencializar os negócios ou para ganhos financeiros no geral. Mas também é considerada a cor da aprendizagem e da alegria, podendo ser utilizada em meditações com essas finalidades. A vela da cor amarela ajuda a espantar estados de tristeza e amargura. É a cor da Orixá do ouro e das águas doces, Oxum.

Vela azul

É a cor da tranquilidade e do perdão, além de ajudar a favorecer o estado meditativo, já que a cor aquieta a mente. Pode ser utilizada em processos de busca pela paz interior, para conseguir perdoar alguém e também traz inspiração. A cor azul também é a cor da lealdade e por isso é ideal para processos de parceria nos negócios. É a vela da cor de Iemanjá, que pode ser azul por inteiro ou traçada de branco e azul.

Lilás e roxo

Roxo é a cor do mistério, não é à toa que muitas vezes é relacionada ao signo de Escorpião. É a cor que simboliza a espiritualidade, além da intuição e sabedoria anciã. É uma vela que tem um grande poder espiritual, pois afasta o mal e traz proteção, além de fortalecer a intuição. Na Umbanda é a vela de Nanã, a Orixá mais antiga, que simboliza o mundo místico, os mistérios e a magia. Também é uma vela que acompanha os processos de transformação e maturidade, processos também ligados à Orixá.

Rosa

A cor rosa representa as emoções, a gentileza, o carinho e também a harmonia de tudo que há. Essa vela é utilizada também para o culto às deusas, por estar ligada aos processos de cura e com a autoestima. Em alguns contextos também é utilizada para o prazer sensual. É a cor de Ibejis, entidades infantis e gêmeas, além dos Erês, espíritos das crianças.

Cor das velas: Preta

A cor preta é a cor do mistério, além de ser capaz de absorver energias, especialmente as densas. É por isso que a vela preta é amplamente empregada em rituais de banimento e limpeza energética. É capaz de absorver as energias negativas e transmutar com a força do fogo. Representa também os processos de cura silenciosos, pois é como a noite mais escura e o profundo oceano. Portanto, uma vela muito poderosa e que deve ser usada como sabedoria. É a vela oferecida aos Exús, Pombas Giras e Pretos e Pretas velhas.

Branca

A cor branca é a síntese de todas as outras cores e por isso pode ser utilizada para todas as finalidades, a cor universal. Mas seu significado específico é a paz, a sinceridade, a pureza e a verdade. Use em meditações para encontrar o equilíbrio e nos mais diferentes tipos de rituais.

Magia com as cores das velas

As velas são amplamente utilizadas em diferentes tipos de rituais e em diferentes religiões. Apesar de ser um objeto simples e de fácil acesso, em alguns casos é preciso seguir as instruções das próprias entidades. Por isso, no caso de firmar velas para entidades, é preciso seguir instruções de acordo com os preceitos religiosos. Firmar velas exige fundamento e conhecimento sobre o que você está fazendo. Na dúvida, utilize a magia das cores para outros rituais e para meditações.

Cores de velas e dias da semana

De acordo com a ciência da magia das velas, velas específicas podem ser usadas em dias específicos da semana, uma vez que essas cores também estão associadas a diferentes planetas. Aqui estão as diferentes cores de velas da semana:

Domingo – velas douradas ou amarelas
Segunda – feira – prateado, cinza ou branco
Terça – vermelho
Quarta – feira – roxo
Quinta – feira – azul
Sexta – feira – verde
Sábado – preto ou roxo

Confira também como fazer a meditação da vela.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes