Aura: o que é, como ver e os significados das cores

A aura é um espectro de luz colorido que circunda o campo energético de cada pessoa. Saiba como ver, os significados das cores e como cuidar dela

0

A aura é um espectro de luz que circula o campo energético de cada pessoa. É um campo de energia extrafísica que está além de explicações científicas e faz parte dos fundamentos de diversas culturas, religiões e expressões da espiritualidade. Assim, a aura de cada pessoa é capaz de revelar como está a sua energia no momento, além de atrair determinadas situações. Por isso, entenda mais sobre o que é aura, suas funções e mais informações.

O que é a aura de uma pessoa?

A aura de uma pessoa é um campo energético ao redor do corpo físico. Esse campo energético pode apresentar diversas cores, sendo que cada cor revela uma informação diferente. Essa energia, por sua vez, é decorrente de um trabalho, já que tudo o que trabalha possui uma energia não palpável. Nosso organismo trabalha o tempo todo, em diferentes formas e com isso produz a energia responsável pela aura. No entanto, apesar de não poder ser vista facilmente, é possível conseguir vê-la após um período de treino.

Os estudiosos da aura e das energias afirmam que não apenas as pessoas, mas tudo que há no planeta possui aura. Além disso, a aura pode possuir outros nomes, como prana, a energia vital segundo a tradição indiana. Independente do nome, segundo estes conhecimentos, tudo possui uma aura, uma corrente contínua de energia. A aura, ainda, encaminha energia para os meridianos (pequenos fios condutores), responsáveis por emanar energia por todo o corpo.

Assim, a aura mostra o nosso estado emocional e físico daquele momento. Ou seja, a aura está sempre em constante mudança, de acordo com o que sentimos, o que fazemos e com o que ou quem interagimos. O formato e a cor da aura pode mudar de acordo ao que estamos sentido no momento. Para se aprofundar no assunto, confira o vídeo que deixamos acima.

Veja o vídeo com a explicação.

Qual a função da aura?

Segundo os estudiosos da aura e da energia vital, ela é composta por sete camadas: física, extrafísica, mental, emocional, espiritual, celestial e divina. Mas apesar de cada camada ter uma área específica, todas elas também estão interligadas. Então, por exemplo, se uma pessoa está com o seu físico bem, mas com um problema emocional, a aura como um todo pode ficar escurecida. Com isso, a principal função da aura é a de identificar se estamos com algum problema ou não. E assim, é possível fazer um diagnóstico com um terapeuta e fazer o trabalho de equilíbrio.

Quando estamos com algum problema, mesmo que alguém não consiga ver a aura, essa pessoa consegue sentir. Isso porque há uma comunicação inconsciente a partir das auras. Por isso é tão comum que alguém perceba antes de você que há algum problema, a aura tem a sua influência nesse aspecto.

Como ver a sua aura?

Sim, é possível ver a aura! Há alguns exercícios que podem ser facilitadores no processo de enxergar a aura de alguém ou mesmo a sua própria. Deixamos duas das técnicas apresentadas no vídeo escritas abaixo, mas no vídeo há duas outras técnicas para quem quiser aprender mais.

Técnica 1 – usando os dedos

Essa é a técnica mais simples de ser feita e serve para observar a aura de outra pessoa. Para fazer, você precisa posicionar os dedos indicadores das mãos de forma que quase se toquem. Em seguida, concentre-se neste vão entre os dedos por alguns segundo. Depois, comece a afastar os dois dedos ou apenas um deles e comece a perceber as cores da aura. Também é possível ver o acoplamento das camadas de energia com um pouco de treino e com essa técnica.

Técnica 2 – com uma folha branca

Essa técnica serve para ver a própria aura. Para fazer, posicione a palma da mão na folha branca e com uma caneta faça um ponto em cima de onde está o seu dedo médio. Em seguida, foque a visão no ponto, com o máximo de distância que conseguir. Aos poucos você vai começar a observar uma névoa ou uma luminosidade ao redor dos seus dedos. É comum não ver cores nas primeiras vezes, mas com treino você conseguirá ver melhor. Treine todos os dias!

Significados das cores

cores da aura
Foto: Pexels

Como já dissemos acima, a aura é composta por cores e essas cores são grandes indicativos de como está a sua saúde física, mental e espiritual.

  • Azul: sinceridade, calma, equilíbrio e grande capacidade de cura espiritual.
  • Branco: pureza, verdade, luz, elevada consciência divina.
  • Cinza: ansiedade, timidez, falta de coragem e baixa autoestima.
  • Laranja e amarela: capacidade de comunicação, aptidão para o trabalho em grupo, boa convivência social, facilidade em dar e receber.
  • Preto: cor ligada ao mistério, à intuição, aos instintos e à profunda vontade de aprender. Mas também pode indicar timidez e solidão.
  • Marrom: confusão, rancor, sentimentos negativos em excesso.
  • Verde: paz, sensibilidade, autoconfiança, capacidade de resolver problemas e perdoar.
  • Vermelho: saúde física estável, vigor, vida material em sucesso e dedicação aos objetivos. Mas também indica irritabilidade em situações que é contrariada.
  • Rosa: gentileza, sensibilidade às vibrações de outras pessoas, amor ao próximo, coração receptivo.
  • Violeta/lilás: espiritualidade bem desenvolvida, inspirações criativas, capacidade de lidar bem com os sentimentos.

5 dicas de como cuidar da sua aura

A aura não está dissociada do nosso corpo físico, mental e espiritual, está tudo interligado. Assim, para cuidar da aura é preciso cuidar de todos os aspectos que nos compõem. Por isso, veja algumas sugestões para manter as suas energias em equilíbrio e também o seu corpo espiritual em geral.

  1. Banhos de ervas: um banho de limpeza espiritual é sempre bem-vindo quando as energias estão densas. Aposte em arruda, sal grosso, boldo e outras ervas capazes de limpar e equilibrar por completo.
  2. Defumação com ervas: assim como os banhos, a defumação com ervas no ambiente e ao redor do seu corpo pode ajudar a equilibrar essas energias.
  3. Incensos: especialmente os incensos podem ajudar a equilibrar o seu corpo físico, mental e espiritual. Experimente!
  4. Meditação: meditar é a melhor maneira de entrar em contato consigo mesma a partir de uma viagem dentro de si. Assim é possível rever padrões, exercitar o contato espiritual e refletir sobre tudo que acontece com você.
  5. Desacelere: o ritmo agitado da vida moderna é uma das maiores causas de adoecimento em todos os sentidos, tanto físico, como mental, como também espiritual. Descansar é um direito, não uma recompensa. Portanto, tenha momentos de relaxamento no seu cotidiano.

 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes