Unhas de gel: o que você precisa saber antes de fazer

Veja guia tudo o que precisa saber antes de se jogar na tendência de alongamento.

0 77

As unhas costumam estar na lista de cuidados estéticos das mulheres. A moda dos alongamentos aumentou a procura pelas unhas de gel. Famosas, fashionistas e antenadas na moda têm apostado na técnica, que apresenta durabilidade longa, de até 20 dias, com aparência forte e bonita. É claro que, para um bom resultado, é necessária uma aplicação bem feita. Mesmo assim, há alertas de prejuízos à saúde e contraindicações médicas. Confira os detalhes neste guia preparado pelo Dicas Delas.

O que são unhas de gel?

O que são unhas de gel?

Feitas a partir de um gel fino, que é aplicado sobre as unhas naturais e moldado de acordo com a preferência de cada mulher. São conhecidas pela durabilidade, de até 20 dias, reduzindo as idas ao salão e garantindo boa aparência em viagens mais longas.

Fora isso, o aspecto estético de ar mais natural em comparação com outras técnicas de unhas postiças. A possibilidade de alongamento é outro ponto positivo, possibilitando exibir até mesmo as famosas “garras”, aquele formato pontudo da chamada unha stiletto.

Passo a passo das unhas de gel

Passo a passo das unhas de gel

Há kits para aplicar o produto em casa, mas a recomendação é procurar pelo trabalho de um especialista. Assim, evita-se arrependimentos quanto à parte estética e diminui chances de prejuízos à saúde das unhas naturais.

A manicure faz limpeza, lixamento e remoção da oleosidade. As camadas de gel são aplicadas e, então, expostas a uma câmara de luz ultravioleta, que garante a secagem. Lixamento, polimento e pintura fazem parte do processo de acabamento.

A aplicação pode levar até duas horas no salão. O valor varia de acordo com a região do País, mas costuma ficar entre R$ 80 e R$ 250.

Qual é o tempo de duração das unhas de gel?

A aparência bonita costuma se manter por até 20 dias. Mas a manutenção costuma ser realizada a cada 15 dias, quando as unhas de gel são lixadas e recebem novas camadas. É interessante passar um tempo sem o produto, de olho na saúde das unhas naturais.

Como tirar as unhas de gel

Como tirar as unhas de gel

Um dos pontos negativos da alternativa estética é justamente a retirada do produto, que não é fácil e nem rápida. Feita em casa, por alguém sem prática e conhecimento dos cuidados necessários, pode machucar e prejudicar as unhas naturais.

O profissional leva, em média, 30 minutos para realizar todo o processo. As unhas de gel são polidas e, com auxílio de algodão e papel alumínio, aplica-se removedor específico, que leva ao amolecimento.  Com uma espátula, empurra-se o restante até a eliminação total.

O que as unhas de gel podem causar?

A Sociedade Brasileira de Dermatologia fez um alerta sobre os alongamentos. Em uma publicação nas redes sociais, mencionou que unhas de gel, de porcelana, de acrílico, acrigel e de fibras de vidro podem causar problemas. Confira a lista divulgada:

  1. Nenhum tipo de alongamento fortalece a unha. Se a natural é fraca e quebradiça, continuará com os mesmos sintomas.
  2. Há riscos de infecção por fungos e bactérias: primeiro por abafamento, mas também porque pode restar uma área que não foi completamente colada que pode acumular umidade e servir como ambiente perfeito para o desenvolvimento dessas patologias.
  3. Reações alérgicas e dermatite de contato também podem ocorrer.
  4. As unhas excessivamente compridas podem fazer um efeito de alavanca e causar descolamento quando se realiza atividades manuais repetidas, como digitar em um teclado, por exemplo.​

Vale mencionar que um estudo recente fez associação entre desenvolvimento de câncer de pele e uso recorrente de lâmpadas utilizadas no processo de secagem das unhas de gel, por conta da radiação UVA. De qualquer maneira, ao notar qualquer alteração na pele das mãos e nas unhas, procure um dermatologista.

Contraindicações

Nem todas as pessoas podem apostar em unhas de gel. “Gestantes, diabéticos, menores de 16 anos, pacientes em tratamento contra o câncer e pessoas com micoses nas unhas são contraindicadas para fazer o uso de qualquer procedimento de alongamento de unhas”, alerta a Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

“Todas as pessoas que são alérgicas a algum componente envolvido na confecção das unhas em gel devem evitar realizar esse tipo de procedimento, em virtude do aparecimento de dermatites nos tecidos ao redor das unhas e distrofias (alteração na forma) na própria unha”, completou a dermatologista Régia Ribeiro em entrevista ao Tribuna Hoje.

Possíveis sinais de alerta de que algo não está bem são aparecimento de manchas nas unhas ou na pele ao redor delas, alteração do relevo e da coloração, descolamento das unhas, quebra com facilidade. Não hesite em procurar um médico para evitar problemas maiores. Sigo o tratamento à risca. Saúde e beleza devem andar sempre de mãos dadas!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes