Dormir com o cabelo molhado pode detonar a saúde dos fios

O hábito favorece a proliferação de fungos e pode prejudicar muito a saúde do seu couro cabeludo. Entenda

0

Muitas pessoas sabem que dormir com o cabelo molhado pode ser prejudicial, mas não sabem exatamente por que. Por isso, explicamos alguns malefícios que mostram porque não é interessante dormir com os cabelos molhados e nem mesmo úmidos. Entenda como esse hábito pode estar detonando a saúde dos seus cabelos.

Pode dormir com o cabelo molhado?

Não, o hábito não é recomendável em nenhuma hipótese. E muito mais do que a aparência dos fios que fica prejudicada, o ambiente úmido traz malefícios para a saúde do couro cabeludo. Mas não se preocupe se uma vez ou outra dormiu com os cabelos úmidos, pois os maiores riscos estão na frequência deste hábito. Entretanto, é preciso se atentar especialmente nos dias úmidos ou frios, pois os cabelos demoram ainda mais para secar.

5 malefícios que dormir com o cabelo molhado pode causar

(Foto: Pexels)

Muito além de prejudicar a aparência dos fios, que tendem a ficar amassados, sem formato e sem volume, dormir com o cabelo molhado pode prejudicar a sua saúde. E além da saúde dos cabelos, é possível até adquirir um resfriado ao dormir sem secar os cabelos. Conheça 5 malefícios que este hábito pode trazer.

1. Proliferação de micro-organismos

Fungos e bactérias encontram o ambiente ideal para sua proliferação quando você dorme com os cabelos úmidos. Isso porque o contato com o travesseiro proporciona calor. Calor e umidade foram o ambiente ideal para fungos e bactérias que causam a descamação do couro cabeludo, além de outros problemas. E se você já tem problemas no couro cabeludo, dormir com o cabelo molhado piora a situação.

2. Pode piorar a caspa

Quando o couro cabeludo passa horas úmido, é comum que a caspa aumente, seja em couros oleosos ou secos. Além disso, o terreno se torna fértil para o surgimento ou piora da dermatite seborreica. Em ambos os casos, procure ajuda profissional para solucionar o problema.

3. Pode causar queda de cabelo

Dormir apenas uma vez ou outra com os cabelos molhados não vai fazer com que eles caiam, mas quando o hábito é frequente pode sim levar à queda capilar. Como o cabelo tende a desenvolver dermatite seborreica neste cenário, os fios podem começar a cair por conta da oleosidade. Além disso, a dermatite seborreica prejudica o crescimento saudável do cabelo.

4. Causa resfriado e dor de cabeça

Especialmente nos dias mais frios, além da saúde capilar, outros aspectos da sua vida podem ser afetados. Passar horas com o cabelo úmido pode levar a resfriados, piorar quadros gripais e causar crises de sinusite para quem já sofre com o problema. É por isso que muitas pessoas sentem dores de cabeça quando dormem com os cabelos molhados.

5. É ainda pior para cabelos com trança ou dreads

Quem possui trança, dreads e outros tipos de extensões ou similares, não deve dormir com o couro cabeludo molhado nunca. Isso porque o couro cabeludo demora ainda mais para secar e potencializa os possíveis problemas. Nestes casos é sempre recomendável secar o couro cabeludo com o secador em temperatura média.

+ 30 inspirações de trança twist para aderir ao visual poderoso

Dormir com o cabelo molhado é pior do que usar o secador

Muitas pessoas deixam de utilizar o secador com receio dos possíveis danos que ele causa ao cabelo. Mas quando a escolha é entre dormir com os cabelos molhados ou utilizar o secador, esse item se torna o seu melhor amigo. Para secar os cabelos utilize um protetor térmico, pois assim evita os possíveis danos. Além disso, evite utilizar a potência máxima, especialmente se os cabelos já estão danificados. Por fim, mantenha uma distância de 30cm dos cabelos para evitar os danos.

Viu só como dormir com o cabelo molhado é prejudicial? Portanto, se certifique que o cabelo está seco antes de dormir. E confira também como lavar o cabelo corretamente.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes