Velaterapia: conheça mais sobre o tratamento que elimina pontas duplas

A velaterapia funciona como uma cauterização que promete eliminar pontas duplas com o uso da chama de uma vela

0

Há muitos tratamentos que podem acabar com as pontas duplas, mas em alguns deles é preciso cortar parte dos fios. A grande vantagem da velaterapia é que não é preciso perder comprimento para acabar com o problema. Isso porque para este tratamento é utilizada a chama de uma vela para queimar a região danificada. Conheça mais sobre esse procedimento.

O que é e quando surgiu a velaterapia

All Things Hair (Foto: reprodução)

Como sugere o nome, a velaterapia é feita com o uso de uma vela. Surgiu nos anos 80 no Brasil, mas em outras partes do mundo surgiu nos anos 40. Com o passar do tempo a técnica ganhou espaço em salões de beleza em todo o mundo. Ela é feita a partir da queima das pontas duplas com a chama de uma vela e serve para melhorar o aspecto do cabelo. No entanto, não tem o efeito de selagem e o efeito é apenas uma melhora na aparência e não na saúde dos fios.

Como é feita

A técnica geralmente é feita em duas etapas. Na primeira, é feita a cauterização com a vela. A chama da vela é passada nas pontas danificadas aos poucos, até queimar a região. A segunda etapa é um corte especial conhecido como corte bordado. Neste corte é utilizada uma tesoura especial para cortar apenas as regiões danificadas, sem retirar o comprimento. É possível fazer apenas a velaterapia, mas a maioria dos profissionais recomenda que o corte bordado seja feito em seguida para o acabamento ficar mais bonito.

Indicações e contraindicações

É indicado fazer a velaterapia quando o cabelo está ressecado, danificado, poroso e principalmente com pontas duplas. Pode ser feita em cabelos que passaram por químicas ou que apenas estão danificados por outros motivos naturais. Mas é preciso passar por uma avaliação profissional. A técnica não é indicada para cabelos saudáveis e nem pode ser repetida em menos de 3 meses após a última sessão.

+ Reconstrução capilar: o que é, benefícios e receitas

Como fazer em casa?

Apesar da técnica ser bem simples, é preciso ter bastante prática para fazer. Portanto, não é recomendável fazer a velaterapia em casa, já que pode causar danos ao cabelo ou mesmo acidentes. Fazer a técnica é muito arriscado, pois além de danificar o seu cabelo e prejudicar a aparência dele é possível perder o controle do fogo e se machucar. Os riscos de acidentes envolvendo fogo são óbvios, não é mesmo? Se desejar passar pelo procedimento, procure um profissional especializado.

Velaterapia estraga o cabelo?

Juliana Goes (Foto: reprodução/Instagram)

Há muitos riscos na velaterapia, mas o principal é ser feita sem a técnica adequada. A temperatura da chama da vela varia entre varia entre 520º e 1500ºC, que é muito mais alta do que as temperaturas da chapinha e do secador, por exemplo. Por isso, é muito importante que seja feita com cautela e que a chama atinja apenas as pontas duplas. Além disso, é recomendável fazer o corte bordado depois da velaterapia para eliminar as partes que possam ter sido danificadas. Além, é claro, de deixar o aspecto melhor.

Também é preciso se lembrar que a técnica serve para eliminar as regiões danificadas dos fios. Ela não irá reconstruir e recuperar a região, apenas remover as partes danificadas. Por isso, quando feita de maneira correta não irá estragar os fios. Aposte em um profissional experiente para fazer no seu cabelo, caso desejar.

Qual o valor de uma sessão de velaterapia?

O valor da sessão pode variar muito de acordo com a cidade, com a região em que o salão está localizado, além da experiência profissional. Mas no geral o valor é entre R$300 e R$500. A duração da técnica é de longo prazo, é feita em apenas uma sessão, além do efeito durar até 4 meses.

Gostou da velaterapia e deseja realizar o procedimento? Então procure por uma avaliação em um salão de confiança. Há casos em que uma cauterização capilar é o mais indicado.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes