Manicure russa: conheça a técnica de cutilagem que não usa alicate

Pouco invasiva, essa técnica não machuca suas cutículas, mas mantém o acabamento impecável

0

Quem nunca foi fazer as unhas e teve um pequeno corte? Além de doloroso, esse tipo de acidente pode prejudicar o visual das unhas e facilitar o contágio de doenças e infecções. É por isso que a manicure russa tem chamado atenção, pois seu diferencial é não usar alicate para a cutilagem. Apesar de não utilizar o alicate, o acabamento é perfeito e garante visual impecável para as unhas. Entenda o que é a técnica e saiba como fazer.

O que é manicure russa?

A técnica de manicure russa ou cutilagem russa, como também é conhecida, tem bombado nos últimos tempos. Ao invés de usar o alicate de unha tradicional como usamos aqui, lá elas usam uma tesoura própria para a região. Enquanto aqui utilizamos duas principais técnicas: empurrar ou cortar com o alicate, elas cortam apenas uma parte e lixam o restante com uma pequena broca.

O alicate de unha é uma ferramenta extremamente cortante, o que favorece o crescimento contínuo da pele, além de provocar acidentes. Afinal, difícil encontrar alguém que nunca removeu acidentalmente um bife com ele. A proposta da cutilagem russa é ser menor invasiva, mas ainda sim proporciona um acabamento impecável. De forma geral, a diferença desta técnica é que ela apenas apara a cutícula, ao invés de remover completamente.

Quanto custa?

O valor pode variar bastante de acordo com o estado, cidade ou mesmo bairro, assim como os outros serviços de manicure. Mas o preço médio do serviço, incluindo a manicure completa é de aproximadamente R$50. Mas os profissionais costumam cobrar R$90 em média pelo pacote de serviço nas mãos e nos pés.

Como fazer manicure russa passo a passo

manicure russa
(Foto: reprodução)

De forma geral, a manicure russa segue o mesmo passo a passo, mas pode ter algumas variações de acordo com o profissional que está fazendo. Para fazer você vai precisar de uma tesoura própria para manicure russa, além de brocas para cutilagem. Confira o passo a passo básico e também outras formas de fazer nos vídeos selecionados.

  1. O primeiro passo é remover o esmalte sem acetona, com um removedor atóxico;
  2. Depois, as unhas são molhadas com água e recebem um hidratante. Quanto mais grossas as cutículas, mais tempo o hidratante ficará agindo;
  3. Em seguida é utilizada a broca, que é uma espécie de lixa elétrica de unha em formato cilíndrico, para levantar bem a película e facilitar o corte com a tesoura;
  4. A broca também é utilizada para descolar a película completamente da unha e polir a unha, eliminando imperfeições;
  5. A próxima etapa é o corte com a tesoura, apenas da parte levantada da película;
  6. Por fim, a esmaltação é feita normalmente.

Em cutículas pequenas e muito finas a cutilagem russa nem apara com a tesoura. Há casos em que apenas a broca é o suficiente. Veja os vídeos com outros tutoriais.

Cutilagem russa – passo a passo em vídeo

Para tudo ficar mais visual, esse vídeo pode te ajudar a visualizar as brocas, além de diferenciá-las. Neste vídeo também fica bem visível a diferença entre a cutilagem tradicional e a russa. Confira o passo a passo.

  1. Higienize a região;
  2. Empurre a cutícula sem força e com bastante delicadeza, formando um caminho para que a broca possa passar depois;
  3. Com a broca mais fina e com rotação baixa, passe no caminho da película;
  4. Utilize sempre a lateral da broca e não a ponta;
  5. Pegue a broca cilíndrica, ligue o motor em rotação média e passe de forma lateral na cutícula;
  6. Se precisar, utilize a tesoura para aparar;
  7. Finalize fazendo os detalhes com a broca fina ou empurrando com a espátula.

Manicure russa apenas com brocas

As cutículas mais finas e delicadas não precisam ser aparadas com tesouras. A cutilagem pode ser feita apenas com as brocas, de forma bastante meticulosa.

  1. Comece empurrando a cutícula;
  2. Depois, passe a lixa elétrica, de forma que a película fique por cima da lixa;
  3. Faça movimentos puxando para fora;
  4. Depois, utilize a broca em formato de bolinha para cortar a película;
  5. Com delicadeza, apare apenas o excesso de cutícula;
  6. Finalize com esmaltação.

Vantagens da manicure russa

A manicure russa tem muitas vantagens, mas a principal delas é que não remove a cutícula completamente. Nossa cutícula tem a função de barrar a entrada de microrganismos nas unhas, evitando doenças. Quando retiramos completamente a unha fica muito mais suscetível a contrair infecções. Por isso, além do acabamento perfeito, ela também é mais saudável. Outra vantagem é que conforme passa o tempo, a cutícula fica mais alinhada e mais fácil de fazer.

Gostou de conhecer a manicure russa? Certamente vale a pena experimentar! E se você gosta de manter suas unhas sempre lindas e nas tendências, confira inspirações de unhas encapsuladas.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes