Dolomita: o mineral que combate rugas e oleosidade

A dolomita é um mineral amplamente utilizado em tratamentos naturais, podendo ser aplicada na pele ou consumida em forma de cápsulas. Conheça os benefícios

0

Assim como as argilas, a dolomita pode ser uma ótima aliada da saúde da sua pele. No entanto, diferente das argilas, ela é menos abrasiva e por isso é muito indicada para as peles mais sensíveis. Mas também pode ser utilizada por outras peles. Além disso, é recomendada também para o couro cabeludo. A dolomita ajuda a combater a oleosidade, inflamações, linhas de expressão e muito mais. Continue lendo e aproveite os benefícios deste mineral.

O que é dolomita?

É um mineral composto por carbonato de cálcio e magnésio, conhecida quimicamente pelas siglas CaMg(CO3)2 ou CaMg•2CO3. É encontrada naturalmente em formato de rochas e aplicada na indústria principalmente como fonte de magnésio. Para além de seus usos na indústria, a dolomita tem se tornado uma grande aliada em tratamentos de pele, com uso e propriedades similares a das argilas. O consumo em forma de cápsulas é indicado para reposição de cálcio, além de auxiliar no tratamento de processos inflamatórios.

Como usar?

A dolomita é utilizada de duas formas: a partir do uso tópico (externo) e também o uso interno a partir do consumo. Para as preparações externas, utiliza-se a dolomita em pó, que pode ser aplicada como máscara facial, no couro cabeludo e outras regiões do corpo. Já o seu uso interno é feito pelo consumo de cápsulas. Ela é facilmente encontrada em lojas de produtos naturais ou de suplementes alimentícios, além de farmácias de manipulação.

A máscara facial de dolomita é muito indicada para as peles sensíveis e maduras, já que auxilia com rugas, manchas, olheiras e inflamações. Mas por conta de seus amplos benefícios, pode ser utilizada por outros tipos de pele também. O uso interno da dolomita deve ser acompanhado por prescrição médica.

Benefícios

  • Reduz olheiras e manchas;
  • Eficaz no tratamento de melasma;
  • Ação anti-inflamatória;
  • Redução de cravos, espinhas e outras inflamações de pele;
  • Suaviza rugas e linhas de expressão;
  • Ação clareadora;
  • Combate radicais livres, evitando o envelhecimento precoce;
  • Reduz a oleosidade da pele e do cabelo;
  • Trata a queda capilar causada pela oleosidade;
  • As cápsulas para consumo são fonte de cálcio e magnésio, auxiliando no combate da osteoporose e apresentando ação anti-inflamatória.

Contraindicações

Apesar de ser um produto natural e com amplos benefícios, a dolomita tem algumas contraindicações. Pessoas com insuficiência renal não devem fazer o uso interno do mineral. Além disso, quem possui alergia aos minerais cálcio ou magnésio não devem fazer uso da dolomita. Gestantes, lactantes e crianças não devem fazer uso do composto, salvo orientação médica. Não é indicado o uso tópico além de 2x por semana e ao ocorrer qualquer irritação, se deve suspender o uso.

Como fazer: 3 receitas com dolomita

(Foto: Pexels)

Para aproveitar os benefícios que o uso tópico da dolomita pode trazer, é preciso saber como fazer de forma correta. Por isso, selecionamos algumas receitas para você fazer em casa e conquistar uma pele radiante e cabelos saudáveis. Confira.

Máscara simples de dolomita

Ingredientes

1 colher de dolomita em pó(aumente se precisar de mais)

1 colher de água

Utensílio para o preparo

Espátula

Preparação e aplicação

1. Misture a dolomita e a água até obter uma consistência homogênea e cremosa. Aumente ou diminua as quantidades se achar necessário;

2. Aplique na pele limpa com ajuda da espátula. Você pode tanto utilizar no rosto, como também em outras regiões do corpo;

3. Deixe agir durante 20 minutos;

4. Por fim, remova com água e hidrate a região.

5. Aplique 1 ou 2x por semana.

Máscara de porcelana

Ingredientes

1/2 clara de ovo

10ml de chá concentrado de camomila (1 saquinho para 10ml)

1 colher de chá de mel

1 colher de sopa de dolomita

Preparo e aplicação

1. Misture todos os ingredientes em um pote de vidro ou plástico, até formar uma textura de pasta;

2. Se necessário, aumente ou diminua a quantidade de dolomita;

3. Aplique na pele, pescoço e colo e deixe agir por 30 minutos;

4. Para retirar, faça movimentos de esfoliação e enxágue;

4. Repita 2x por semana.

Dolomita para queda e oleosidade do cabelo

Ingredientes

30ml de água de coco (utilize diretamente do coco fresco ou seco)

1 colher de sopa de dolomita

2 gotas de óleo essencial de hortelã pimenta

Preparo e aplicação

1. Misture tudo em um recipiente de vidro ou plástico;

2. Aplique com pincel ou espátula em todo couro cabeludo;

3. Deixe agir 30 minutos;

4. Lave o cabelo como de costume e repita até 2x por semana.

A dolomita pode fazer maravilhas pela sua pele e seus cabelos. Atente-se ao uso correto, não utilize mais que 2x por semana e suspenda o uso caso sentir alguma irritação. E se você deseja conquistar uma pele radiante, saiba como fazer sua skincare.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes