BBB 21: 6 participantes que foram taxados de vilões no BBB

Enquanto o BBB 21 não chega, vamos relembrar 6 ex-BBB’s que foram taxados de vilões no programa.

0 175

O Big Brother Brasil já contou com mais de 300 participantes, ao longo das suas vinte edições. Muitos participantes ganham o carinho do público, através da simpatia e sinceridade, mas tem outros que acabam não agradando tanto, e se tornam os ‘vilões’ da edições. Enquanto o BBB 21 não chega, vamos relembrar 6 ex-BBB’s que foram taxados de vilões no programa.

 

1. Alberto Caubói – BBB 7 – (BBB 21)

O caubói icônico foi contra os queridinhos da edição pelo público, Diego Alemão e Íris Stefanelli. Por conta disso, ele se tornou o vilão da sétima edição. Ele ainda disputou a liderança contra Alemão, na ‘prova da gaiola’, uma das mais controversas da história do programa. Na época, isso causou diversos burburinhos. Nesta prova, os ex-participantes ficaram juntos por mais de 21 horas, dentro da gaiola, então Diego passou mal e deu a liderança para Caubói. O famoso triângulo amoroso entre Alemão, Íris e Fani Pacheco acabou quando Caubói colocou Alemão no paredão com Íris e depois contra Fani.

ex-BBB's
Alberto Cauboi (Foto: Divulgação/Globo)

 

2. Fernando Medeiros – BBB 15 (BBB 21)

Fernando se tornou o vilão da 15ª edição ao iniciar um romance com Amanda e dispensá-la, ao começar a se relacionar com Aline. Então, ele se aproximou novamente de Amanda, após Aline sair do programa. O ex-brother chegou a ter relações sexuais com Amanda, no programa, porém, Fernando e Aline reataram e estão juntos até hoje.

ex-BBB's
Fernando e Aline (Foto: Divulgação/Globo)

 

3. Patrícia – BBB 18 – (BBB 21)

A ex-participante saiu da casa como a grande antagonista da edição, após manipular os votos de outros competidores junto com os seus aliados no jogo. Porém, o que revoltou o público de verdade foi o fato dela ter incentivado Kaysar a votar em Gleici para o paredão e a pressão sobre a amiga Jéssica para que seguisse suas orientações. Por conta dessas atitudes, a loira foi eliminada do programa com 94% dos votos.

ex-BBB's
Patrícia (Foto: Divulgação/Globo)

 

4. Ana Paula Renault – BBB 16

A ex-sister foi a vilã mais amada e icônica de todas as edições. Já na primeira semana, ela foi criticada ao dizer para Harumi que não ligava para direitos iguais entre homens e mulheres e que gostaria de ser sustentada. Apesar de tudo, a dona do bordão ‘Olha elaaaaa’ conquistou a simpatia dos fãs, aos poucos. Ana Paula retornou de quatro paredões, mas acabou sendo expulsa do reality, ao dar dois tapas no rosto de Renan.

ex-BBB's
Ana Paula Renault (Foto: Divulgação/Globo)

 

5. Marcos Harter – BBB 17

O médico foi expulso do reality após ser acusado de agressão a Emilly, a ganhadora da edição. Os dois chegaram a se relacionar na casa. Em uma briga, Marcos encurralou Emilly enquanto gritava e colocava o dedo no rosto dela. Outras ações do ex-brother chamaram a atenção do público, fazendo ele se tornar o vilão da edição.

Ex-BBB’s Marcos Harter (Foto: Divulgação/Globo)

 

6. Paula – BBB 19 (BBB 21)

A vencedora da edição conquistou o público no início, mas se envolveu em diversas polêmica ao longo do programa. Ela chegou a ter falar racistas, causou a expulsão de Hariany e também foi indiciada na Justiça, após fazer comentários preconceituosos sobre Rodrigo e declarar que tinha medo de ter ‘contato com esse negócio de oxum’.

Paula (Foto: Divulgação/Globo)

Fonte: Jetss

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova política de privacidade. Tudo bem Mais detalhes