Banho de sal grosso e ervas: saiba como fazer e quando é recomendado

Dentre as opções de banhos energéticos, o banho de grosso e ervas é um dos mais conhecidos. Isso porque o sal grosso em conjunto com algumas ervas é capaz de fazer uma limpeza, além de descarrego. Contudo, esse tipo de banho deve ser tomado com cautela, pois o sal grosso é capaz de limpar todas as energias, até as boas. Então, descubra como e quando fazer, além de solucionar suas dúvidas sobre o tema.

Benefícios do banho de sal grosso e ervas

Os benefícios de um banho de ervas dependem de quais ervas estão sendo utilizadas. No caso de um banho de sal grosso, ele sempre irá atuar pela limpeza e renovação das energias. Assim, ele faz um descarrego, abre os caminhos removendo o que está parado, além de fazer limpezas emocionais. Contudo, o banho de sal grosso limpa todas as energias. Então, além das energias negativas e densas, ele também pode remover as energias positivas do seu corpo sutil. Assim, é recomendável utilizar com ervas que tragam outros benefícios.

O alecrim, por exemplo, é uma erva muito ligada à força de ação, alegria e foco para realizar. É uma ótima opção para o seu banho de sal grosso. Já para as limpezas mentais, a lavanda é bastante recomendada, já que limpa e traz calma no lugar de inquietação. Há ervas que melhoram a qualidade dos pensamentos, como a arruda e o boldo, ou que trazem uma limpeza ainda mais intensa, como a guiné. Então, é preciso avaliar o que se deseja antes de fazer este banho. Assim é possível conquistar todos os benefícios desejados.

Como tomar um banho de sal grosso e ervas?

Foto: Canva Pro

O preparo do banho de ervas com sal grosso é sempre o mesmo, independente das ervas utilizadas. Para isso, você vai precisar de pelo menos 2 litros de água, entre 1 e 3 colheres de sal grosso e uma quantidade generosa de ervas. Então, leve tudo para o fogo e quando começar a soltar bolhas, desligue. Depois, tome o seu banho higiênico como de costume e finalize jogando o banho de ervas e sal grosso do pescoço para baixo. Em alguns casos é possível jogar o banho de ervas na cabeça, mas é importante ter orientação de alguém que entenda do assunto. Assim, seu caso será avaliado individualmente para que você receba a melhor orientação.

Durante o banho de sal grosso e ervas é interessante manter o pensamento firme nas intenções que deseja trabalhar. Pense no que deseja banir da sua vida, quais energias te prejudicam e precisam ir embora e o que mais sentir. Se desejar, acenda uma vela preta durante o ritual para bani tudo que faz mal e proteger.

Quando tomar banho de sal grosso?

Os dias da semana são regidos pelos astros e, assim, há um dia da semana específico para cada banho mágico. No caso dos banhos de limpeza, banimento e descarrego, o dia mais recomendado é o sábado. Por ser regido por Saturno, é o dia da semana ideal para um banho que finalize ciclos, que traga proteção e deixe suas energias prontas para recomeçar. Além do dia da semana, há outros aspectos que precisamos considerar, como por exemplo, a fase da lua. A melhor fase para esse tipo de banho é a Lua Minguante, já que é a fase em que a lua movimenta as energias de banimento e introspecção.

Outro detalhe importante ao tomar banho de sal grosso e ervas é o horário. É importante tomar esse banho à noite, de preferência perto do horário de dormir. Isso porque o banho de limpeza pode trazer cansaço e sonolência após remover as energias densas. Assim, é recomendado tomar o banho em um momento que não precise realizar tarefas após.

Como fazer banho de descarrego com sal grosso e ervas?

Há várias ervas que podem ser usadas no banho de descarrego, sendo que as principais são:

  • Arruda;
  • Guiné;
  • Eucalipto;
  • Boldo;
  • Sálvia;
  • Comigo-ninguém-pode;
  • Espada-de-São-Jorge.

Você também pode fazer um banho de 7 ervas com sal grosso para descarregar e abrir os caminhos. Se desejar, adicione alecrim ou manjericão no seu banho de descarrego para repôr as energias positivas e harmonizar.

O que fazer depois do banho de descarrego?

É de extrema importância descansar após o banho de descarrego. Então, escolha um momento em que puder fazer apenas isso, de preferência antes de dormir. Faça seu banho com calma, sem pressa e depois dedique um tempo a você. Se sentir, medite para encontrar as respostas que procura, mas permaneça em um estado de descanso. É normal sentir sono e cansaço após o ritual. Uma boa noite de sono é o suficiente para voltar a se sentir com disposição. As ervas utilizadas no banho podem ser descartadas no lixo comum ou devolvidas para a natureza em um jardim, se for possível.

Banho de sal grosso: 4 mitos e verdades

Foto: Canva Pro

Por ser muito conhecido, o banho de sal grosso é repleto de mitos e verdades. Confira alguns dos principais e solucione suas dúvidas.

Pode fazer banho de sal grosso sempre

Mito! O banho de sal grosso deve ser feito com muita cautela e recomendado por quem entenda do assunto. Se tiver dúvidas, consulte alguém de sua confiança. O banho de sal grosso em excesso pode causar estados de desânimo e falta de energia. Salvo raras excessões, a maioria das pessoas precisa de poucos banhos de sal grosso durante sua vida.

Banho de sal grosso remove até as energias positivas

Verdade! O banho de sal grosso faz uma limpeza profunda e densa e, com isso, remove todas as energias. Por isso é interessante tomar um banho para energizar após o banho de sal grosso. Ou então, preparar em conjunto com plantas como alecrim, manjericão, laranja, entre outras.

Precisa fazer sempre na Lua Minguante

Mito! Pode até ser a fase da lua mais recomendada para tal, mas não é uma regra absoluta. Se você fizer em outras fases, apenas não ritualize com a energia lunar. Ou seja, não mentalize a força energética da lua durante o seu banho.

Banho de sal grosso dá sono

Verdade! Processos de limpeza energética quase sempre causam sono e cansaço. Isso acontece porque o corpo físico sente as energias densas deixando o seu ser. É recomendável descansar depois deste ritual.

+ Como tomar banho de sal grosso corretamente

Comentários (0)
Comentar